A nova diretoria da CDL (Assú), entidade agora presidida pelo empresário João Nogueira de Melo Neto, se reuniu nesta terça-feira (24), para definir a agenda de ações que serão desenvolvidas durante o ano de 2017.
Alem do presidente, participaram do encontro, o vice-presidente Francisco Celimário de Araujo, e os diretores; Pedro Neto (Comunicação), Jose Carlos (Diretor Secretário), Rui Vieira Neto (Diretor de Apoio ao Associado e ao Consumidor) e o Conselheiro Fiscal Francibell Martins.


A reunião contou inicialmente com a participação de representantes do Serviço Social da Indústria (SESI) e do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), órgãos ligados a Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN), que apresentaram possibilidades de parcerias com a CDL e seus associados.


Entre os pontos pautados para 2017; destaca-se a continuação da campanha para compra do equipamento necessário, para a realização do monitoramento de câmeras na cidade do Assú, projeto iniciado na gestão do ex- presidente Edmilson Albino, e que será dado continuidade pela nova diretoria.
Neste contexto, o novo presidente da CDL (Assú) João Nogueira de Melo Neto, já esteve pessoalmente na sede do 10º BPM, discutindo o assunto com o Major Assis Santos, comandante do Batalhão, e se comprometeu a continuar lutando, na busca de parceiros, para a realização desse projeto.
Já com relação à Feira de Negócios do Assu e do Vale (Fenavale 2017), a informação é que o projeto já está sendo concluído e no mês de fevereiro será apresentado aos parceiros. O evento mais uma vez, será realizado no mês de outubro dentro dos festejos do aniversario da cidade.
Novidade
A nova diretoria da CDL (Assú) está elaborando um calendário de ações programadas, voltadas especialmente para a capacitação profissional. A idéia é oferecer aos sócios e replicas montblanc a comunidade em geral, um leque de serviços que contribuam com o desenvolvimento econômico do município. “Vamos buscar parcerias para oferecer qualificação, vamos transformar a CDL numa entidade parceira da comunidade” Disse João Nogueira (Presidente).